Ref. 57260: a nova obra-prima da Vacheron Constantin

18/09/2015 Comentar

Há já uns meses que a Vacheron Constantin andava a espicaçar a curiosidade dos aficionados com imagens de detalhes de uma obra-prima que seria lançada em breve e que era anunciada como o mais complicado relógio da história da marca genebrina. Entretanto, o tempo passou (depressa, como é hábito) e a nova peça foi hoje finalmente revelada. E a surpresa maior é que, além de guardar nada mais nada menos do que 57 complicações, entre essas encontram-se algumas inéditas. Apresentamos o Ref. 57260.

 

Ref. 57260 Vacheron Constantin

© Vacheron Constantin

 

A celebração dos 260 anos da Vacheron Constantin teve hoje o seu momento alto: a marca revelou finalmente um novo relógio, peça esta que foi sendo apresentada ao longo dos últimos tempos através de pequenos detalhes.

Lembramos que a tradição de produzir relógios de precisão com complicações de excelência faz parte da tradição da marca. Pelo que a apresentação de um relógio especialmente complicado, depois de lançamentos tão bem recebidos, como a nova linha Harmony, faz todo o sentido.
Não foi por acaso que a Vacheron Constantin escolheu o dia 17 de setembro para apresentação de tão estrondosa peça. Afinal, há 260 anos atrás, no dia 17 de setembro precisamente, terá acontecido o momento que a marca considera como a data do seu nascimento: foi quando Jean-Marc Vacheron contratou o seu primeiro aprendiz, Esaïe Jean François Hetier. Trata-se assim da primeira referência que se conhece à Vacheron Constantin.

Denominado simplesmente e simbolicamente Referência 57260 – o número 57 alusivo ao número de complicações que oferece e o número 260 alusivo ao número de anos que a marca celebra em 2015 – trata-se de um relógio de bolso com duplo mostrador, impressionante pelo nível de complicação e de inovação técnica, fruto de oito anos de desenvolvimento por uma equipa composta por três prestigiados mestres relojoeiros da marca: Jean-Luc Perrin e os irmãos Micke e Yannik Pintus. A génese deste relógio também é interessante. Trata-se de uma encomenda privada – e, por isso, trata-se de uma peça única – ; ou seja, uma encomenda feita por um colecionador e conhecedor de bela relojoaria, cujo nome não foi divulgado, que almejava para ele o relógio mais complicado do mundo.

Descubra mais pormenores sobre o Ref. 57260 da Vacheron Constantin no site da Espiral do Tempo