Rolex Submariner de James Bond em destaque no segundo leilão Phillips Genève

05/11/2015 Comentar

O Rolex Submariner que Roger Moore, ou melhor, James Bond usou em oo7 – Live and Let Die (de 1972) vai a leilão. Quem o anuncia é a leiloeira Phillips Genève que em maio levou a cabo o seu primeiro leilão de relógios desde que passou a apostar num departamento exclusivo dedicado a este setor. O evento vai decorrer em novembro e este Rolex surge como uma das peças mais desejadas.

A edição de 2015 do Only Watch vai decorrer em Genebra no próximo dia 7 de novembro, e a Phillips, leiloeira responsável pela dinamização do evento, vai, paralelamente promover um outro leilão dedicado a instrumentos do tempo — o segundo depois de a casa ter apostado num departamento dedicado exclusivamente à relojoaria. O primeiro realizou-se em maio e traduziu-se num verdadeiro sucesso; já o evento agora anunciado também promete: em causa está um catálogo de 200 relógios numa estimativa de 12,5 milhões de euros, um valor que revela bem a qualidade de algumas das peças disponíveis.

Se é verdade que no top ten do leilão se encontram relógios hiper-cobiçados como o Patek Philippe Reference 1436 Split-Seconds Chronographs em aço, o Patek Philippe Perpetual Calendar Chronograph 2499 First Series com mostradorchampagne, o único exemplar conhecido do Paul Newman Daytona Retailed By Hermes ou um Vacheron Constantin Cornes de Vache original, é também verdade que entre eles se encontra um especialmente apetecível pela história que guarda. Trata-se de um Rolex Submariner 5531 de caraterísticas únicas. Com efeito, o Submariner 5531 tende a ser um relógio vintage muito apreciado, mas o modelo que vai agora a leilão tem a particularidade de ter sido o relógio usado por Roger Moore enquanto James Bond no filme 007 — Live and Let Die.

Produzido em 1972, surge como um verdadeiro gadget digno do agente secreto mais famoso de todos os tempos, em especial por detalhes imaginários como a luneta com perfil específico que permite cortar corda ou ainda um gerador de campos magnéticos hiper intensificado que permite, por exemplo, desviar balas, atrair colheres de metal ou até desapertar fechos de vestidos — situações que podemos revisitar no próprio filme.

Saiba mais sobre o Rolex Submariner usado por Roger Moore que a Phillips leva à praça no site da Espiral do Tempo.