SIHH 2016/ O espírito de borboleta da Van Cleef & Arpels

22/01/2016 Comentar

Em ano de aniversários — 85 anos do Reverso da Jaeger-LeCoultre, 40 anos do Nautilus da Patek Philippe, 110 anos da Montblanc, entre tantos outros — a Van Cleef & Arpels tem também motivos para celebrar. Afinal, 2016 coincide com os 10 anos das suas Poetic Complications™, complicações poéticas que foram inauguradas no ano ano que a Van Cleef celebrava o seu centenário. Entre 2006 e 2016 muita água correu e a verdade é que tem vindo a correr da melhor forma com um conjunto de criações relojoeiras que unem mundos encantados de histórias às mais elaboradas e engenhosas soluções técnicas.

E entre as surpresas reservadas pela marca para 2016 no âmbito das suas Poetic Complications™ estão o Lady Arpels Rondes des Papillons que, no lugar de ponteiros, indica o tempo por meio de borboletas e de uma andorinha, o Lady Arpels Jour Nuit Fée Ondine que vive ao ritmo do Sol e da Lua graças a um movimento de 24 horas que faz com que o disco rotativo do mostrador complete uma volta a cada dia que passa e o surpreendente Midnight Nuit Lumineuse no qual a indicação retrógrada do tempo é animada por um mostrador no qual estão representadas algumas constelações, sendo que a constelação unicórnio pode ser iluminada a pedido.

Descubra mais pormenores e imagens sobre as Poetic Complications™ da Van Cleef & Arpels no site da Espiral do Tempo.