Tributo a Muhammad Ali: os mestres do ringue e o Maioral

31/10/2016 Comentar

Não podia haver melhor palco para o lançamento do TAG Heuer Carrera Calibre 5 Muhammad Ali Edition: em cima de um ringue do lendário ginásio Gleason’s, em Brooklyn, Nova Iorque. Com Muhammad Ali e Jean-Claude Biver como protagonistas, mas também com vários outros lendários pugilistas e uma edição única vendida em leilão. Eis a primeira resenha de um combate também contra a doença de Parkinson.

Nova Iorque foi a mais recente paragem para o comboio Jean-Claude Biver: o patrão do polo relojoeiro do grupo LVMH e CEO da TAG Heuer não para e está não só a revolucionar a marca como também o mercado relojoeiro no que diz respeito ao produto propriamente dito mas também à estratégia de patrocínio. E, em vez de confinar a TAG Heuer às suas raízes historicamente ligadas ao desporto motorizado, abriu-lhe os horizontes e tem procurado influenciar mais modalidades desportivas e sobretudo mais clientes em mais mercados. Deu-nos uma entrevista exclusiva que publicaremos na próxima edição da Espiral do Tempo; para já, fica aqui o registo de uma memorável noite nova-iorquina em que, mais do que o próprio Jean-Claude Biver ou a TAG Heuer, o principal protagonista foi o grande Muhammad Ali — e o novo relógio que lhe foi dedicado.

Leia a reportagem completa no site da Espiral do Tempo.

 

Save